Jornal da Praceta

Fundado em Junho de 2001


Informação sobre a freguesia de Alvalade

(Alvalade, Campo Grande e São João de Brito)  

 

História Local - Alvalade e Campo Grande

     

 

Património Publico Vandalizado ou ao Abandono

 Nada está a salvo: edificios históricos, fontanários, pinturas, estátuas, placas de homenagem... tudo é vandalizado e muitas vezes abandonado por quem devia cuidar mas não faz. Mais

Vidas e Memórias de Bairro

Reunião de trabalho com três dos muitos elementos que constituem o grupo "Vidas e memórias de Bairro"  em Alvalade. Da esquerda para a direita  Dinah Mendonça, Lucílio Costa e Elisabete Santa-Bárbara (coordenadora do projecto). Foto: 04/10/2021

A Pandemia dificultou mas não parou a actividade deste grupo que se reúne com regularidade na Biblioteca dos Coruchéus. No Palácio das Galveias, no dia 28/10/2021, organizaram uma sessão de memórias com António Cartaxo. Registamos também a publicação de duas colecções de postais, uma sobre poetas e outra sobre músicos que deram nome a ruas da freguesia. Mais

Memórias da Azinhaga das Murtas

Rui Manuel, mais conhecido por Runa, nasceu e foi criado num pátio da Azinhaga das Murtas. Não fosse a Pandemia o seu livro - Campo Grande (Memórias Ilustradas) -  publicado em 2017 teria outro eco. Desde os anos 60 elabora uma micro-geografia do lugar e das suas mudanças sociais, identifica e caracteriza personagens, grupos étnicos, hábitos, instituições, cafés, restaurantes, escolas, ocupações profissionais, divertimentos,desportos, conflitos, etc. Ao longo de todo o livro expressa uma irreprimível saudade de tempos que guarda nas suas lembranças e que tenta resgatar ao inevitável esquecimento. A ler na Biblioteca Nacional de Portugal, o lugar onde o encontramos.

Passeios Temáticos por Alvalade

O tema prometia e não desiludiu : “Histórias e memórias de um arrabalde de Lisboa. Um percurso de descoberta da Travessa Henrique Cardoso à Rua de Entrecampos”, por Aquilino Machado. Uma iniciativa no ambito de Há Vida no Bairro. No final do século XIX, a antiga Azinhaga da Ceboleira fazia a ligação entre duas das principais artérias de entrada e saída de Lisboa, a que vinha da Calçada da Carriche e a que passava pelo Pote d`Água, Quinta do Ramalhete ou a Quinta Seca. A construção do chafariz de Entrecampos (1859) e o do Campo Grande, as muitas tascas e "hortas" davam de beber e comer a pessoas e animais que nelas circulavam. Era então uma zona profundamente rural, onde chegou a destacar-se o sindicato dos trabalhadores rurais do Campo Grande que se fez representar em Congressos Operários. A abertura da linha férrea entre Benfica e Santa Apolónia (1888) se criou uma fronteira local, não deixou de estimular o crescimento da zona. Assistiu-se à abertura de pequenas e grandes industrias na zona (Fabrica Estrela, Lusitania, etc), expansão da área edificada (Vila Antunes,etc) e ao nascimento de novas associações, como o Grupo Desportivo Operário (1921) ou o Grupo Dramático Ramiro José (1923). Os republicanos aproveitaram para homenagearem, em 1926, um dos que havia participado na revolta do 31 de Janeiro de 1891, mudando o nome à azinhaga. O Plano de Alvalade (1947) procedeu à integração desta rua no novo bairro de Lisboa, conferindo-lhe outro dinamismo. Entre o Chafariz e a Travessa surgiu a Rua Infante Dom Pedro. Foto: 7/09/2021. Aquilino Machado deixou-nos do seu passeio um elucidativo guião. Mais

A Singularidade da Igreja dos Santos Reis Magos

A singularidade da Igreja paroquial no Campo Grande no contexto da cultura portuguesa foi posta em relevo no dia 28/2/2020 na Universidade de Santiago de Compostela na Galiza. Um assunto que iremos abordar . Mais

Chafarizes de Alvadade

O vasto património da Freguesia de Alvalade está por estudar e classificar, como é o caso da Chafariz de Entrecampos. Localizava-se na Real Estrada que atravessava a Calçada da Carriche, Lumiar, Campo Grande e entrava na atual Rua de Entrecampos ao fundo do qual se encontrava este chafariz. Ao longo desta estrada foram surgindo vários chafarizes: Mouras (Lumiar), Campo Grande e o de Entrecampos. Mais

Palacete dos Condes de Vila Real (ruinas) na Freguesia de Alvalade

Terá sido construído na primeira metade do século XIX pelo  2º. Conde de Vila Real e 7º. Morgado de Mateus - Fernando de Sousa Botelho Mourão e Vasconcelos (1815-1858) era filho primogénito dos 1os Condes de Vila Real, foi casado em 1ªas núpcias com Maria Amália Burcchardt (1820-1839), e depois com Júlia Adelaide Braamcamp de Almeida Castelo Branco (1822-1878). Destacou-se como administrador da célebre Casa de Mateus, propriedade de família.

O brasão que está na fachada do palacete foi usado 2º., 3º. e 4º. Conde de Vila Real. Esta era uma das grandes quintas desta zona de Alvalade (Rua Jorge Colaço).

Inspiração Anarquista do Plano do Bairro de Alvalade

Qualquer história sobre o Bairro de Alvalade começa com um referência ao urbanista que concebeu o plano: o arquitecto Faria da Costa. Algumas referem a concepção urbanística que procurou concretizar - "cidade-Jardim" - mas todas procuram ignorar a sua inspiração ideológica. Mais

Á Procura das Antigas Fábricas de Alvalade

Quem se lembra da antiga "Confeitaria da Ajuda" ?

Ficava na Rua João Saraiva, número 22. Fabricava marmelada, amendoas, frutas cobertas e critalizadas.

Igreja de S. João de Brito (traseiras). Obra do arquiteto Vasco Morais Palmeira (Regaleira). 1951.

Cabrinhas, esculturas de Rocha Correia

Imagens da "Nova Lisboa" em 1953

  História de Alvalade - Campo Grande

 Bairro de Alvalade: O Plano e a Obra 

  Bairro das Estacas

  Breve Cronologia 

 Inventário Artístico 

  Arquitectos do Bairro de Alvalade 

  Transportes 

 Os Estádios do Campo Grande 

 Bibliografia .

  Toponímica: Poetas no Bairro de Alvalade ; José Lins do Rego; Padre António Vieira e São João de Brito;

Em 1990 ainda pastavam rebanhos de ovelhas na Alameda da Cidade Universitária.

Documentário da RTP sobre o bairro do Campo Grande, em Lisboa, realizado por Courinha Ramos.

 

Av. dos EUA, 1960. Foto de Arnaldo Madureira. Arquivo Municipal de Fotografia de Lisboa

Imagens de Alvalade

Hospital Júlio de Matos

Histórias nunca contadas. Mais 

 

O 1º. de Maio em Alvalade

As comemorações do 1º.de Maio em Lisboa estão intimamente ligadas a Alvalade. O célebre 1º. de  Maio de 1974 foi no Estádio 1º. de Maio, em Alvalade, que se desenrolaram os acontecimentos mais marcantes. Em 2004, 2005 e 2006 o ponto alto foi na Alameda da Universidade. Mais

 Alvalade no Cinema

Próxima rubrica

Artistas e Bandas de Música em Alvalade

Próxima rubrica 

 

 

Antigos e Actuais Moradores da Freguesia de Alvalade

Zona do Campo Grande:

Azeredo Perdigão, Aquilo Ribeiro, Durão Barroso,  Fausto Figueiredo, Frederico de Freitas, Lauro António, João Lopes SoaresMário Soares, João Soares, Jorge de Brito, Lindley Cintra, Manuela Pinheiro, Vitorino de Almeida, Vale e Azevedo, Paulo de Carvalho.

 

Zona de Alvalade:

Alexandre Cabral, Ana Maria MagalhãesAquilino Ribeiro (filho), Arnando Madureira, Artur Agostinho,  Carlos Pinhão, Carlos Rocha, Costa Gomes, Daciano Costa, Dórdio Guimarães, Fidelino FigueiredoFernando Lopes, Frederico de Freitas, Isabel Alçada, Isabel de Castro, João Sá da Costa,  José Gomes FerreiraJosé Cardoso Pires, Lídia Jorge, Marcelo Caetano, Maria Luisa Guerra, Manuela Simões, Nuno Teotónio Pereira, Raul Rego, Salgado Zenha,   Rogério Fernandes, Santos e Castro, Soares Branco, Virgílio Ferreira, Fernando Tordo.

Opus Dei Encerra Quebra Bilhas

Lisboa continua de luto. Depois da destruição da casa de Almeida Garrett, chegou a vez de fechar as portas um dos espaços mais simbólicos da cidade - o Antigo Retiro Quebra Bilhas no Campo Grande. A lapidação do património tem prosseguido a bom ritmo, em 2007, as portas de madeira datadas do século XVIII foram substituídas por portas de alumínio. Ao que consta terão sido levadas para Espanha como troféus da Obra Mais.

Arquivo Histórico da antiga Junta de Freguesia de Alvalade (1959-2013)

Arquivo Histórico da antiga Junta de Freguesia de São João de Brito (1959-2013)

Arquivo Histórico da antiga Junta de Freguesia do Campo Grande (-2013)

Continuação
 
   

 

Editorial

Entrada

História local
Cultura
Quiosque
 
 

Av. dos EUA, no cruzamento com a Av. de Roma (anos 70). Conjunto de edifícios emblemáticos do Plano Urbanístico de Alvalade,  hoje profundamente degradados. Os blocos em altura foram isolados e implantados em espaços verdes, separando desta forma os peões dos carros.

 

Reitoria da Universidade de Lisboa

Todo os conjunto da cidade universitária foi concebido por Pardal Monteiro (1956/61).

   

Campo Grande

Fotografia do Jardim do Campo Grande nos anos 60

Alvalade sem Filtros

Uma visão multifacetada sobre a freguesia de Alvalade em Lisboa, sem arranjos, nem filtros no Instagram